quinta-feira, 5 de abril de 2012

Elefantes que estrelaram com Witherspoon e Pattinson estão de volta ao circo

Por ADI - Animal Defenders International

Filmagem divulgada ontem pela Animal Defenders International (ADI) mostra as estrelas Tai e Rosie, respectivamente dos filmes de Hollywood “Água para Elefantes” e “O Zelador Animal” de volta ao trabalho de circo, se apresentando no El Zagal Shrine Circus, em Fargo, na Dakota do Norte, Estados Unidos.

“As conexões entre Holywood e a indústria circense estão expostas. Não houve um final holywoodiano para Tai e Rose. Para Reese Witherspoon e Robert Pattinson, “Água para Elefantes” foi uma fantasia romântica. Mas para Tai, um pesadelo real. Ela continua nas mãos das pessoas que foram filmadas aplicando-lhe eletrochoques e surras. Não há estreias glamurosas para Tai, sua vida é apenas dor e medo, inflingidos pelos chamados “treinadores”.  É trágico”, afirmou Jan Creamer, Presidente da ADI.

Tai, no picadeiro do Shrine Circus. Os truques que apareceram no filme
"Água para Elefantes" foram ensinados com choques elétricos 
e surras. As estrelas seguiram em frente, mas o pesadelo de Tai continua.


Assista ao vídeo da ADI com legendas em Português:

video



No ano passado, foram divulgadas filmagens feitas sigilosamente de Tai sendo espancada e eletrocutada, depois dos produtores e estrelas do filme terem afirmado que a elefanta tinha sido tratada com amor e afeição e que nunca tinha sido abusada. A ADI enviou cópias do vídeo para o estúdio, produtores, diretor e estrelas Robert Pattinson e Reese Witherspoon. O ator e a atriz haviam declarado que adoravam a elefanta com quem contracenaram, mas nenhum dos dois respondeu. O mesmo foi feito com relação ao filme “O Zelador Animal”. Também não houve respostas.

Jan Creamer: “Na ocasião, acreditamos que Robert Pattinson e Reese Witherspoon tinham sido enganados. Enviamos o vídeo a eles e pedimos que se manifestassem. Nenhuma palavra. O abuso de animais em filmes não terá fim enquanto as estrelas não derem declarações contra isso.”

Ontem, a ADI postou o novo vídeo nas páginas do FaceBook e Twitter de Robert Pattinson, Reese Witherspoon e Kevin James, pedindo que se manifestem sobre o abuso e dêem suporte à campanha da ADI. DVDs também estão sendo enviados às estrelas.

O video da ADI do treinamento no circo “Have Trunk Will Travel” in Perris, California, mostra:
  • Elefantes sendo continuamente eletrocutados com revólveres para serem forçados a performar truques
  • Elefantes sendo presos por ganchos e espancados com “bullhooks” (bastões com um gancho de aço na ponta)
  • Um bebê elefante sendo espancado, tendo sua tromba espremida de modo a suprimir-lhe o ar e sendo preso por ganchos dentro de sua boca.

Elefantes em circos no Brasil
Também há elefantes em circos no Brasil e eles são obrigados a performar nos picadeiros, sofrem treinamento com métodos cruéis, ficam aprisionados no intervalo das apresentações e são obrigados a viajar longas distâncias em caminhonetes apertadas e inadequadas. Sem poder se defender, passam a vida num estado contínuo de medo e sofrimento. Apenas 9 estados brasileiros e alguns municípios já têm leis que proíbem o uso de animais em circos. O Projeto de Lei 7291/06, que proibirá o uso em território nacional, aguarda aprovação no Congresso Nacional. É necessário que a sociedade se manifeste a respeito e que haja pressão popular pela aprovação desse PL.

Atualmente, há um anúncio do Ministério da Saúde sendo veiculado na televisão, usando  um elefante.